A estruturação do espaço urbano e regional a partir da transposição do Rio São Francisco (2007-2017)


Andre Paiva Rodrigues
Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da PUC de Campinas

Vera Santana Luz
Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo; Professora do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da PUC de Campinas

Referências

BRASIL. Ministério da Integração Nacional. Relatório de impacto ambiental do projeto de integração do rio São Francisco com bacias hidrográficas do nordeste setentrional. Brasília, DF, 2004.

_____. Ministério da Integração. Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido. Recife, PE, 2005.

_____. Ministério da Integração. Programa de Indenização de Terras e Benfeitorias (PBA-7). Ministério da Integração Nacional. Brasília, DF, 2005b.

_____. Ministério da Integração. Programa de Reassentamento de Populações (PBA-8). Ministério da Integração Nacional. Brasília, DF, 2005c.

_____. Programa de Regularização Fundiária nas Áreas do Entorno (PBA-19). Ministério da Integração Nacional. Brasília, DF, 2005d.

_____. (2008). Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. São Francisco Sustentável. Brasília, DF, 2008.

_____. Ministério da Integração Nacional. A Nova Secretaria Nacional de Irrigação e sua relação com o desenvolvimento regional. In: Boletim Regional. Informativo da Política Nacional de Desenvolvimento. Brasília, DF: Ministério da Integração Nacional. Secretaria de Políticas de Desenvolvimento Regional, nº 13, 2011, p. 12-17.

_____. Ministério da Integração Nacional. (2017). Informações sobre o Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF). Disponível em: http://www.integracao.gov.br/saofrancisco/integracao.index.aps Acesso em: 15 Fev. 2017.

CODEVASF. Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba. Projeto São Francisco. Água, futuro e cidadania para mais brasileiros. Brasília, DF, 2018.

COELHO, Renato de Oliveira; MACHADO, José; COELHO, José Benjamin & ROLIM NETO, Fernando. Economia e agropecuária na Microrregião de Salgueiro em Pernambuco. In: Revista Geama – Environmental Sciences. v. 1, n. 3, Dezembro 2015. p. 322-331. 

CORREIA, 2018. Salgueiro, a cidade que ficou no meio do caminho. The Intercept Brasil. Disponível em: <https://theintercept.com/2018/05/03/salgueiro-prejuizo-transnordestina-transposicao/> Acesso em: 19. Mar. 2018.

DNOCS. Departamento Nacional de Obras Contra Secas. Transposição do rio São Francisco - Nordestinos devem se envolver com o projeto. (2005). Disponível em: https://www2.dnocs.gov.br/gab-cs/noticias/134-noticia-site-antigo-205. Acesso 04 Jul. 2017

DNOCS. Departamento Nacional de Obras Contra Secas. Rio São Francisco – comitê prepara ofensiva para apoiar a transposição. (2005b). Disponível em: https://www2.dnocs.gov.br/gab-cs/noticias/135-noticia-site-antigo-206. Acesso 04 Jul. 2017

DOS SANTOS, F. L. B. Uma História da onda progressista sul-americana (1998-2016). São Paulo: Elefante, 2018. 

ELIAS, D. (2006) Globalização e fragmentação do espaço agrícola do Brasil. Barcelona: Scripta Nova, v. x, p. 59-81, 2006

_____. Agronegócio globalizado e (re)estruturação urbano-regional. XVII ENANPUR. São Paulo (SP), p. 01-16, 2017.

GUDYNAS, E. O novo extrativismo progressista na América do Sul: teses sobre um velho problema sob novas expressões. In: LÉNA, Philippe; NASCIMENTO, Elimar Pinheiro do. Enfrentando os limites do crescimento: sustentabilidade, decrescimento e prosperidade. Rio de Janeiro: Garamond, 2012.

GUERREIRO, I. de A. A produção do espaço urbano pelo Lulismo: contradições específicas da dependência. XVII ENANPUR. São Paulo (SP), p. 01-20, 2017.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Coordenação de Geografia. Divisão regional do Brasil em regiões geográficas imediatas e regiões geográficas intermediárias. Rio de Janeiro: IBGE, 2017. Disponível em: <https://www.ibge.gov.br/apps/regioes_geograficas/>. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Acesso: 07 Ago. 2019).

LEFEBVRFE, Henri. Revolução Urbana. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1999.

KURZ, Robert. Os últimos combates. 5º ed. São Paulo: Editora Vozes, 1997.

MONTE-MÓR, Roberto L. Urbanização extensiva e lógicas de povoamento: Um Olhar Ambiental. In: M. Santos, M. A. A. D. Souza, et al (Org.) Território, Globalização e Fragmentação. São Paulo: HUCITEC-ANPUR, 1994, p.169- 181.

_____O que é o urbano no mundo contemporâneo. Texto para discussão (281). UFMG/Cedeplar, Belo Horizonte, 2006.

OSÓRIO, Jaime. Padrão de reprodução do capital: uma proposta teórica. In: FERREIRA et. ali. Padrão de Reprodução do Capital. Contribuições da teoria marxista de dependência. São Paulo: Boitempo, 2012a.

OSÓRIO, Jaime. América Latina: Novo padrão de especialização produtiva. In: FERREIRA et. ali. Padrão de Reprodução do Capital. Contribuições da teoria marxista de dependência. São Paulo: Boitempo, 2012b.

PERNAMBUCO. Agência de Planejamento e Pesquisa do Estado de Pernambuco – CONDEPE/FIDEM. Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Município de Salgueiro e seu Entorno. Recife, 2017.

RODRIGUES, A. e LUZ, V. A estruturação do espaço agrário, urbano e regional a partir das obras de “hidráulica de solução”: o caso da transposição do rio São Francisco (2007-2018) [Mimeo]. Pontifícia Universidade Católica de Campinas, São Paulo, 2018.

RODRIGUES, A. e LUZ, V. (2019). A estruturação do espaço urbano e regional a partir de Grandes Projetos de Hidráulica de Solução: o caso da transposição do rio São Francisco. Universidade Federal do Espírito Santo, XVI Simpósio Nacional de Geografia Urbana (SIMPURB), p. 3.532-3.551. Disponível em:<http://periodicos.ufes.br/?journal=simpurb2019&page=article&op=view&path%5B%5D=25980>. Acesso em: 12 Dez. 2019.

RODRIGUES, A. P. A Estruturação do espaço urbano-regional a partir das obras de transposição do rio São Francisco (2007-2017): o exemplo de Salgueiro e entorno. Dissertação de Mestrado. Campinas. Centro de Ciências Exatas, Ambientais e Tecnologias. Pontifícia Universidade Católica de Campinas, 2020.

RODRIGUES, A. M. (2005). Os Impactos Socioambientais da transposição do rio São Francisco. Terra Azul.Disponível em: <http://www.terrazul.m2014.net/spip.php?article200> Acesso em: 14 Dez.2016.

SANTANA FILHO, J. R. A Integração de Bacias sob a ótica do Desenvolvimento Regional. O Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias do Nordeste Setentrional. In: Boletim Regional. Informativo da Política Nacional de Desenvolvimento. Brasília: Ministério da Integração Nacional. Secretaria de Políticas de Desenvolvimento Regional, nº 5, p. 12-22, 2007.

SALGUEIRO. Lei Nº 1.635/2008. Institui o Plano Diretor do Município de Salgueiro. Disponível em: <http://www.salgueiro.pe.gov.br/cid_legislacao.htm>. Acesso em: 08 Jul. 2017.

SANTOS, M. Técnica, Espaço, Tempo. Globalização e meio técnico científico informacional. 4° ed. São Paulo: Hucitec, 1998.

_____. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2000

SINGER, A. Os sentidos do Lulismo: reforma gradual e pacto conservador. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

SILVA NETO. M. L. Extensores urbanos: proposta de um conceito auxiliar para a análise territorial. In: Extensores urbanos: o caso da cidade de São Paulo. (Dissertação de Mestrado), FAU-USP, São Paulo, 1990

_____. Proposição de um índice de interação técnica e econômica para os municípios do estado de São Paulo. São Paulo: Fipe/USP, Relatório de pesquisa. (mimeo.), 2002. 

Voltar