Internacionalização do agronegócio e seus novos territórios de acumulação no Brasil


Daniel Féo Castro de Araújo
Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade de Brasília (UnB).

Fernando Luiz Araújo Sobrinho
Doutor em Geografia da Universidade Federal de Uberlândia, Prof. em Geografia da Universidade de Brasília

Referências

BARTZ, D; STOCKMAR, E. (Eds.). Atlas- Manufaktur. 2017. Disponível em http://www.atlas-manufaktur.de/>. Acessado em 01/05/2020.

BERG INSIGHT. The global market for agricultural solutions Precision. 2020. Disponível em <http://www.berginsight.com/Default.aspx?m_m=1> Acessado em 01/05/2020.

BENKO, G; PECQUEUR, B. Os recursos de territórios e os territórios de recursos. Revista Geosul. Florianópolis, p. 31-50, 2001.

BENNETI, M. D. A internacionalização recente da indústria de etanol brasileira. Indicadores Econômicos FEE. Porto Alegre, vol. 36, nº 4, 2009.

BENNETI, M. D. Globalização e desnacionalização do agronegócio brasileiro no pós 1990. Porto Alegre: FEE, 2004, 173 p.

CNA - Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil.  PIB Do Agronegócio Cresce 3,78% no 1ºquadrimestre de 2020. Disponível em <https://www.cepea.esalq.usp.br/upload/kceditor/files/Cepea_CNA_PIB_jan_abr_JUL2020(1).pdf> Acessado em 01/05/2020.

CAUME, D. J. Agricultura Familiar e Agronegócio: falsas antinomias. Revista do Desenvolvimento Regional, vol. 14, núm. 1, 2009, pp. 26- 44. 

CHESNAIS, F. A finança mundializada. Tradução de Rosa Marques e Paulo Nakatani. São Paulo: Boitempo, 2005, 255 p

CHESNAIS, F. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996 (a), 335 p.

CHESNAIS, F. Notes en vue d’une caractérisation du capitalisme – à la fin du XX siècle. Paris, Carré Rouge, n° 1, 1996(b).

DELGADO, G. C. Capital financeiro a agricultura no Brasil: 1965-1995. São Paulo: Ícone Editora, 1985, 240 p.

DELGADO, G. C. Do capital financeiro na agricultura à economia do agronegócio: mudanças cíclicas em meio século [1965-2012]. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2012, 144 p.

DUNNING, J. O Paradigma Eclético da Produção Internacional: Uma Reafirmação e Algumas Extensões Possíveis. J Int Bus Stud 19, 1–31 (1988). https://doi.org/10.1057/palgrave.jibs.8490372.

DUNNING, J. H.; HOESEL, R. Van; NARULA, R. Third world multinationals revisited: new developments and theoretical implications. Discussion papers in international investment and managements, n. 227, Reading, 1997, mimeo.

ESTÉVEZ, A. B. (Ed.) GLOBAL LATAM: Series Investimentos no Brasil. Brasil.  2017.Disponível em https://issuu.com/segibpdf/docs/global_latam_brasil_edici_n_final> Acessado em 01/05/2020.

FURTADO, João. Mundialização, reestruturação e competitividade: a emergência de um ovo regime econômico e as barreiras às economias periféricas. Novos Estudos. São Paulo, n. 53, p 97-1118, 1999.

FLEXOR, G; LEITE, S. Land Market and Land Grabbing in Brazil during the Commodity Boom of the 2000s. Contexto Internacional, v. 39, n. 2, p. 393-420, maio/ago. 2017.

GARCIA, J. R.; LIMA, D. A. L. L.; VIEIRA, A.  C.  P. A nova configuração da estrutura produtiva do setor sucroenergético brasileiro:  panorama e perspectivas. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 19, n. 1, p. 162-184, jan./abr. 2015. https://doi.org/10.1590/198055271917

GIMENEZ, L. M.; MOLIN, J. P. Agricultura de Precisão sob a perspectiva de seus diversos atores. Informações Agronômicas, v. 162, p. 15-19, 2018.

GUIMARÃES, S. P. Capital nacional e capital estrangeiro. Estudos Avançados. São Paulo. Vol.14, nº39,p.143-160, 2000.            https://doi.org/10.1590/S0103- 40142000000200011

HARVEY, David. Condição Pós-Moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. Tradução de Adail Ubirajara Sobral e Maria Stela Gonçalves. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

HYMER, S. H. Empresas multinacionais: A internacionalização do capital. Rio de Janeiro: Graal, 1978.

IMAFLORA; GEOLAB. Atlas da agropecuária brasileira. Disponível em <http://www.imaflora.org/atlasagropecuario> Acessado em 01/05/2020.

INCRA Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. Atlas fundiário brasileiro. Disponível em< https://biblioteca.incaper.es.gov.br/busca?b=ad&id=5705&biblioteca=vazio&busca=autoria:%22INCRA.%22&qFacets=autoria:%22INCRA.%22&sort=&paginacao=t&paginaAtual=1> Acessado em 01/05/2020.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia Estatística. Censo Agropecuário de 2017.Disponível em < https://censos.ibge.gov.br/agro/2017/resultados-censo-agro-2017.htm> l Acessado em 01/05/2020.

MELLO, J. M. C. O capitalismo tardio. São Paulo: Brasiliense, 1982.

MICHALET, Charles-Albert. O capitalismo mundial. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984.

MICHALET, Charles-Albert. O que é a mundialização? São Paulo: Loyola, 2003.

OLIVEIRA, A. M. Reordenamento territorial e produtivo do agronegócio canavieiro no Brasil e os desdobramentos para o trabalho. Tese (Doutorado em Geografia) – Faculdade de Ciências e Tecnologias, UNESP/Presidente Prudente, 2009.

OLIVEIRA, A. U. A mundialização da agricultura brasileira. In: XII Colóquio de Geocrítica. Anais, Bogotá, 2012. OLIVEIRA, A. U. A mundialização da agricultura brasileira. São Paulo: Iãnde Editorial, 2016.

OLIVEIRA, A. U. A questão da aquisição de terras por estrangeiros no Brasil: um retorno aos dossiês. Revista Agrária. São Paulo, nº 12, p. 3-113, 2010. https://doi.org/10.11606/issn.1808-1150.v0i12p3-113

SAES, A. M.; CAMPOS, F. A. Origem e ascensão do debate sobre o capital internacional na formaçãoeconômica brasileira (1889-1964). Estudos de Sociologia. Araraquara. Vol. 11, nº 20, p. 169-194, 2006.

SANTOS, M; GLASS, V. Atlas do Agronegócio: fatos e números sobre as corporações que controlam o que comemos. Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Böll, 2018.

SANTOS, M. Por uma outra globalização – do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2006.

SANTOS, M. (1994) Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico científico

Informacional. 5 ed. São Paulo: HUCITEC, 2008.

SANTOS, M. Da Política dos Estados À Política Das Empresas. Cadernos da Escola do Legislativo – ALMG. Belo Horizonte, s.n. 1997.

SILVA, E.R; RUEDIGER, M. A; RICCIO. V. A Internacionalização do Agronegócio Brasileiro: Gradualismo, Aprendizagem e Redução dos Custos de Transação. XXXI ENCONTRO DA ANPAD. Rio de Janeiro, p. 1 -14.  2007. Disponível em <http://www.anpad.org.br/diversos/down_zips/33/ESO-B1693.pdf> Acessado em 01/05/2020.

SPOSITO, E. S.; SANTOS, L. B. O capitalismo industrial e as multinacionais brasileiras. São Paulo: Outras Expressões, 2012, p. 01-296

UNICA. União da Indústria de cana-de-açúcar. Relatório Atividades 2012/13 a 2018/19. Disponível em: <https://unica.com.br/wp-content/uploads/2019/06/Relatorio-Atividades-201213-a-201819.pdf >. Acessado em 01/05/2020.

UNCTAD - United Nations Conference on Trade and Development. Investment And New Industrial Policies. New York and Geneva, 2018, p 01-213. Disponível em < https://unctad.org/en/PublicationsLibrary/wir2018_en.pdf> Acessado em 01/05/2020

Voltar