Territórios, políticas e manipulações: a segurança pública no olhar da letalidade violenta no Estado do Rio de Janeiro


Vinicius Ferreira Baptista
Doutor em Políticas Públicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professor Adjunto do Departamento de Administração Pública e do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Wanderson Cesar dos Santos
Administrador Público. Mestrando em Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Referências

AGUIAR, Maria Léa Monteiro de. O aparato de combate ao crime e a sensação de insegurança. Revista Mal-Estar e Subjetividade, v. 5, n. 2, p. 225-245, set.  2005.  

BAPTISTA, Vinicius Ferreira. Três esquemas analíticos para analisar o tráfico internacional de pessoas: em busca de uma concepção política da violência. Research, Society and Development, v. 10, n. 1, p. 1-19, 2021. 

BRASIL, Congresso Nacional. Lei Complementar Nº 20, de 1º de julho de 1974. Dispõe sobre a criação de Estados e Territórios (Fusão dos Estados da Guanabara e Rio de Janeiro).

BRASIL, Congresso Nacional. Relatório Final da Comissão Parlamentar de Inquérito do Assassinato de Jovens (CPIADJ), criada, pelo Requerimento nº 115, de 2015, de autoria da Senadora Lídice da Mata (PSB/BA). Brasília: Congresso Nacional, 2016

BRASIL, Ministério da Justiça. Portaria Interministerial n 4.226, de 31 de dezembro de 2010. Estabelece Diretrizes sobre o Uso da Força pelos Agentes de Segurança Pública. 

DE OLIVEIRA, W. J. F. Segurança Pública e Território. Perspectivas em Políticas Públicas, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 203-223, 2016. 

CEPERJ - Centro Estadual de Estatística, Pesquisa e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro.  Regiões do estado do Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.ceperj.rj.gov.br/Conteudo.asp?ident=81. Acesso em: 07 fev. 2021.

DELGADO, N. G.; ROCHA, B. N. Governança Territorial e Gestão Social: avanços e desafios da política territorial de desenvolvimento territorial no Brasil. In: MALUF, R.; FLEXOR, G. (Org). Questões agrárias, agrícolas e rurais: conjunturas e políticas públicas. 1. ed. - Rio de Janeiro: E-Papers, 2017. 

GIL, A. C.; OLIVA, E. C.; SILVA, E. C. Desenvolvimento da Regionalidade: Novo Campo da Administração. Anais do XXXI Encontro da ANPADRio de Janeiro, set. 2007. Disponível em: http://www.anpad.org.br/diversos/down_zips/33/EPQ-C844.pdf. Acesso em: 17 dez. 2020.

HAESBAERT, R. Da desterritorialização à multiterritorialidade. Anais do X Encontro de Geógrafos da América Latina – 20 a 26 de março de 2005. Universidade de São Paulo: USP, 2005, p. 6774 – 6792. 

ISP-RJ - Instituto de Segurança Pública da Secretaria de Segurança do Estado do. Rio de Janeiro. Divisão Territorial da Base de Segurança. Disponível em: http://www.ispdados.rj.gov.br/divisaoTerritorial.html. Acesso em 21 jan.  2021.

JATOBA, J. U. S.; CIDADE, L. C. F.; VARGAS, G. M. Ecologismo, ambientalismo e ecologia política: diferentes visões da sustentabilidade e do território. Sociedade e Estado. Brasília, v. 24, n. 1, p. 47-87, 2009.

MARTINS, U. L.; BAPTISTA, V. F. Políticas públicas de enfrentamento à violência policial: análise da sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos sobre o caso favela Nova Brasília versus Brasil. Revista Direito Sociais & Políticas Públicas, v. 6, n. 1, p. 1-24. 

MISSE, M. Autos de resistência”: Uma análise dos homicídios cometidos por policiais na cidade do Rio de Janeiro (2001-2011). – Núcleo de Estudos da Cidadania, Conflito e Violência Urbana Universidade Federal do Rio de Janeiro. UFRJ: 2011

PORTO-GONÇALVES, C. W. Nota conceitual: a centralidade do conceito de território para enfrentar o desafio ambiental contemporâneo. In: A globalização da natureza e natureza da globalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006, p. 287 – 298.

RAFFESTIN, C. Por uma Geografia do Poder. Tradução de Maria Cecília França. São Paulo (SP): Ática, 1993. 

RIO DE JANEIRO [ESTADO]. Decreto nº. 41.930, de 26 de novembro de 2009. Dispõe sobre a criação e implementação das Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP) e das Circunscrições Integradas de Segurança Pública (CISP) para todo o território do Estado Rio de Janeiro.

RIO DE JANEIRO [ESTADO]. Decreto nº 41.931, de 25 de junho de 2009. Dispõe sobre o sistema de definição e gerenciamento de metas para os indicadores estratégicos de criminalidade do Estado do Rio de Janeiro – SIM e dá outras providências.

RIO DE JANEIRO [ESTADO]. Decreto nº 46.581, de 22 de fevereiro de 2019, altera o decreto n° 46.559, de 14 de janeiro de 2019. Altera, sem aumento de despesa, a estrutura do poder executivo, e dá outras providências. 

RIO DE JANEIRO [ESTADO]. Instrução Normativa PMERJ/EMG-PM/3 nº 33 de 03 de julho de 2015. Aditamento ao Boletim da Polícia Militar n.º 132. Caderno Doutrinário do uso da Força na PMERJPMERJ: Rio de Janeiro, 2015.

SANTOS, M. A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. 4. ed. 2. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2006.

SANTOS, M. Por uma Geografia Nova: Da crítica da Geografia a uma Geografia. 6. Ed - São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004.

SANTOS, W. C.; BAPTISTA, V. F. Formação Policial, Planejamento de Segurança e Violência. In: I Congresso Internacional de Ciências do Estado, 2020. Caderno de Resumos do I Congresso Internacional de Ciências do Estado: A vida em risco e o Estado em reação? Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, 2020. v. 1. p. 111-112. 

SESEG - Secretaria de Estado de Segurança do Estado do Rio de Janeiro. Resolução nº 478 de 31 de maio de 2011. Altera as Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) números 4, 5, 6 e 17, extingue as Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) números 1 e 13, e dá outras providênciasSESEG:  Rio de Janeiro, 2011.

SESEG - Secretaria de Estado de Segurança do Estado do Rio de Janeiro. Resolução nº 932, de 19 de fevereiro de 2016. Regulamenta o sistema de definição e gerenciamento de metas para os indicadores estratégicos de criminalidade no Estado do Rio de Janeiro, a que alude o Decreto nº41.931, de 25/06/09, e dá outras providênciasSESEG:  Rio de Janeiro, 2016.

SESEG - Secretaria de Estado de Segurança do Estado do Rio de Janeiro. Guia Prático Padronização de Reuniões de Acompanhamento. Rio de Janeiro:  Subsecretaria de Planejamento e Integração Operacional/ SESEG, 2016 (Série Guias Práticos do SIM Número 3 - Definição de metas).

VERANI, Sergio. Cinquenta anos do auto de resistência. Justificando [Online]s/d, s/l2020

Download PDF

Voltar