Espaços rurais metropolitanos: Um olhar para as políticas públicas voltadas ao novo rural e às pressões urbanas


Patricia Maíssa Ferragoni da Cruz
Doutoranda em Planejamento e Gestão do Território da UFABC

Referências

ABRAMOVAY, R. O Futuro das Regiões Rurais. 2 ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

ANDERSON, K.; EKLUND, E.; LEHTOLA, M. Farmers, Businessmen or Green Entrepreneurs? Producers of New Rural Goods and Services in Rural Areas Under Urban Pressure. Journal of Environmental Policy & Planning. 2009. Acesso em 05 de Agosto de 2019. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1080/15239080902774960>.

ARNAIZ-SCHMITZ, C.; DÍAZ, P.; RUIZ-LABOURDETTE, D.; HERRERO-JÁUREGUI, C.; MOLINA, M.; MONTES, C.; PINEDA, F. D.; SCHMIT, M. F. Modelling of socio-ecological connectivity. The rural-urban network in the surroundings of Madrid (Central Spain). Urban Ecosystems-Springer: 2018. Disponível em: <https://doi.org/10.1007/s11252-018-0797-z>.

BERDEGUÉ, J. A.; PROCTOR, F. J. Las Ciudades en la Transformación Rural. Serie Documentos de Trabajo N° 130. Grupo de Trabajo: Desarrollo con Cohesión Territorial. Programa Cohesión Territorial para el Desarrollo. Rimisp, Santiago, Chile. 2014.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/ConstituicaoCompilado.htm>. Acesso em 15 de novembro de 2014.

BRASIL. Lei nº 10.257 (2001). Estatuto da Cidade. Palácio do Planalto. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10257.htm>. Acesso em 21 de novembro de 2014.

CAMPANHOLA, C.; GRAZIANO DA SILVA, J. Desenvolvimento local e a democratização dos espaços rurais. In: Cadernos de Ciência e Tecnologia. Brasília: Embrapa, v. 17, nº 1, p. 11-40, 2000.

CARMO, R. A construção sociológica do espaço rural: da oposição à apropriação. Sociologias, ano 11, nº 21, jan./jun. 2009, p. 252-280, Porto Alegre, 2009.

CARVALHO, R. M. R. “Lentidão”, território e bem-estar: o movimento da cidade lenta e a sustentabilidade do lugar. Periódico Técnico e Científico Cidades Verdes, n.02, pp. 73-89, 2014.

CARVALHO, R. M. R. Cittaslow: Vida lenta e sustentabilidade nas cidades do bem viver. Periódico Técnico e Científico Cidades Verdes, v.03, n.07, pp. 37-52, 2015.

CITTASLOW (Internacional). International Network Of Cities Where Living Is Good. 2017. Disponível em: <http://www.cittaslow.net/>. Acesso em 10 de agosto de 2017.

FAVARETO, A. Capítulo 1 – Tendências Contemporâneas dos Estudos e Políticas sobre o Desenvolvimento Territorial. Políticas de Desenvolvimento Territorial Rural no Brasil: Avanços e Desafios. Série Desenvolvimento Rural Sustentável. v 12. Brasília: Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), 2010.

FAVARETO, A. O Planejamento do Desenvolvimento Rural nos Municípios. Artigo 6. Pag 74. Desenvolvimento Rural: Desafios do Planejamento Econômico e Ambiental. São Carlos, Editora Cubo: 2014.

FAVARETO, A. Paradigmas do Desenvolvimento Rural em Questão. São Paulo: Iglu: FAPESP, 2007.

FERNÁNDEZ, P.; DE LA VEGA, S. ¿Lo rural en lo urbano? Localidades periurbanas en la Zona Metropolitana del Valle de México. Universidad Nacional Autónoma de México. Ciudad de México: EURE, 2017. vol 43.  nº130. pp. 185-206

FERRAGONI DA CRUZ, P. M. A Área Rural no Planejamento Territorial: reflexões sobre o enquadramento do rural e sobre a atuação da esfera municipal no Estado de São Paulo. Dissertação de Mestrado (Planejamento e Gestão do Território). Universidade Federal do ABC. São Bernardo do Campo, p.195, 2016.

FERRÃO, J. Relações Entre Mundo Rural E Mundo Urbano - Evolução histórica, situação actual e pistas para o futuro. Sociologia, problemas e práticas. ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa. 2000.

GALVÃO, P. Uma discussão sobre turismo e gentrificação no meio rural de Gravatá, Pernambuco, Brasil. Revista Turismo & Desenvolvimento. n. 27/28. 2017. p. 435 – 445.

GOMES, E.; ABRANTES, P.; BANOS, A.; ROCHA, J.; BUXTON, M. Farming under urban pressure: Farmers' land use and land cover change intentions. Applied Geography. Elsevier. 2019.

KOZENIESKI, É.; MEDEIROS, R. O rural agrícola na metrópole: o caso de Porto Alegre/RS. Confins – Revista Franco-brasileira de Geografia, 2018. Acesso em 5 de junho de 2018. Disponível em: < http://journals.openedition.org/confins/13167 ; DOI : 10.4000/confins.13167>

LEAL, D. M. S. O povoamento neo-rural em Portugal Continental: riscos e oportunidades para o planeamento do espaço rural.  Instituto Técnico de Lisboa. 2014.

MARAFON, G. J.; SEABRA, R. Relações campo-cidade e a comercialização agrícola: notas sobre o espaço fluminense. Geo UERJ. Rio de Janeiro - Ano 16, nº. 25, v. 2, 2º semestre de 2014, pp.9-36. ISSN: 1415-7543 E-ISSN: 1981-9021. Acesso em 05 de junho de 2018. Disponível em: <http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/geouerj>.

MAYER, H.; KNOX, P. Slow Cities: Sustainable Places in a Fast World. Journal of Urban Affairs, vol. 28, n. 04, pp. 321-334, 2006.

MIRANDA, L. Planejamento Em Áreas De Transição Rural-Urbana - Velhas Novidades Em Novos Territórios. Revista Brasileira de Estudos Urbanos E Regionais, V. 11, N. 1, 2009.

NAKANO, K. O Plano Diretor e as Zonas Rurais. Pág 25. O planejamento do município e o território rural. São Paulo: Instituto Pólis, 2004.

NAVARRO YÁÑEZ, C. J. Globalización y localismo: nuevas oportunidades para el desarrollo. Revista de Fomento Social, v.53, n.209, p.31-46, 1998.

OCDE. Relatório Territorial da OCDE: Brasil 2013. OECD Publishing, 2013. Disponível em: <http://www.oecd-ilibrary.org/urban-rural-and-regional-development/relatorio-territorial-da-ocde-brasil_9789264189058-pt>. Acesso em 14 de maio de 2015.

ODE, A.; FRY, G. A model for quantifying and predicting urban pressure on woodland. Landscape and Urban Planning: 2005. Elsevier.

ORTEGA, A. C. Territórios Deprimidos: desafios para as políticas de desenvolvimento rural. Campinas, SP: Editora Alínea, 2008. p. 282-312.

ORTIGOZA, S. Paisagens do consumo: São Paulo, Lisboa, Dubai e Seul [online]. São Paulo: Editora UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. 232 p. ISBN 978-85-7983-128-7. Available from SciELO Books <http://books.scielo.org>.

ROMERO, J. L. América Latina – as cidades e as idéias. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2004.

SANTORO, P.; COSTA, C.; PINHEIRO, E. Introdução. O planejamento do município e o território rural. São Paulo: Instituto Pólis, 2004.

SÃO PAULO. Diário Oficial da Cidade de São Paulo. DECRETO Nº 56.913, DE 5 DE ABRIL DE 2016. Disponível em: <http://www.docidadesp.imprensaoficial.com.br/RenderizadorPDF.aspx?ClipID=095739T5IJOL0e20TDO1DQQ12A6>. Acesso em 15 de agosto de 2019.

SÃO PAULO. Você conhece o projeto Ligue os Pontos? Prefeitura da Cidade de São Paulo. Subprefeitura de Parelheiros. 2018. Disponível em: <https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/parelheiros/noticias/?p=84261>. Acesso em 15 de agosto de 2019.

SAULE JR, N. A Competência Do Município Para Disciplinar O Território Rural. Pág 41. O planejamento do município e o território rural. São Paulo: Instituto Pólis, 2004.

SCHNEIDER, S; BLUME, R. Ensaio Para Uma Abordagem Territorial Da Ruralidade: em busca de uma metodologia*. REVISTA PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO, Curitiba, n.107, p.109-135, jul./dez. 2004.

SIMÓN ROJO, M.; ZAZO MORATALLA, A.; MORÁN ALONSO, N. Nuevos Enfoques En La Planificación Urbanística Para Proteger Los Espacios Agrarios Periurbanos. Instituto Universitario de Urbanística. Universidad de Valladolid. Ciudad es: 2012. 151-166.

TREVIZAN, S. O que é rural? O que é urbano? E a educação? Texto base da palestra do professor realizada no encontro regional do Fórum Estadual de Educação do Campo (FEEC) e da Rede de Educação do Semiárido Brasileiro (RESAB), preparatório para a Conferência Estadual do FEEC e RESAB. Bahia, 2003.

VAZ, E. de N.; BRITO, A.; PAINHO, M.; NIJKAMP, P. Impacts of Environmental Law and Regulations on Agricultural Land- use Change and Urban Pressure: The Algarve Case. 2011. ERSA conference papers ersa10p896, European Regional Science Association. Research Papers in Economics.

VEIGA, J. E. Destinos da ruralidade no processo de globalização. Estudos Avançados, n. 51, maio-agosto 2004, p. 51-67, 2004

Download PDF

Voltar