Resumo em Português



Gabriel Ribeiro Castellano
Mestre em Geociências e Meio Ambiente pelo IGCE (Instituto de Geociências e Ciências Exatas) da UNESP (Universidade Estadual Paulista

Stephanie Marucci de Souza
Bacharela e Licenciada em Ciências Biológicas pela UNESP de Rio Claro. Atualmente é professora no colégio ACEI, em Ilhabela, lecionando física e química para Ensino Fundamental II e biologia para Ensino Médio.

Adriano Ricardo Mergulhão
Doutor pelo Programa de Pós Graduação em Filosofia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR, 2013-2018), cuja tese

Balanço crítico e perspectivas atuais da Floresta Edmundo Navarro de Andrade após 43 anos do tombamento da paisagem

Considerada como parte do processo de modernização da agricultura nacional da Primeira República (1889-1930), decorrente do desenvolvimento e implantação do registro técnico-científico da silvicultura subtropical, a Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade – FEENA (Horto Florestal de Rio Claro) possui em seu acervo incalculável valor científico, resultante de pesquisas desenvolvidas sobre o eucalipto. Representa significativo patrimônio da arquitetura rural paulista e industrial-ferroviário. Nesse estudo, avaliamos a experiência de conservação deste Horto, cuja paisagem foi pioneiramente tombada pelo CONDEPHAAT, órgão responsável pela preservação do patrimônio cultural paulista. Realizaram-se levantamentos bibliográficos acerca dos aspectos arquitetônicos, ambientais, culturais, históricos, políticos e sociais, assim como estudos de campo que fundamentaram as informações comprobatórias para a caracterização atual do patrimônio. Foi constatado o papel pioneiro do Horto na preservação das paisagens paulistas, caracterizando sua expressividade, raridade, estética singular e interesse turístico, sendo exemplo de atividades antrópicas que definiram o espaço territorial e a estrutura social local.

Resumo em Inglês - Texto

Voltar