Resumo em Português



Rita de Cássia Gonçalo Alves
Socióloga, Doutoranda em Planejamento Urbano e Regional pelo IPPUR/UFRJ, Mestra em Comunicação Social pela PUC-Rio. Tem experiência nas áreas de sociologia urbana e comunicação socioambiental. Desenvolve pesquisas sobre Religião e Cidade, com foco nos megatemplos evangélicos urbanos e suas interseções nos campos da ética, estética e política nas cidades.

Interseccionalidade no planejamento: construir uma cidade convivial com e para as mulheres

Procuro abordar neste texto as contribuições das teorias feministas e interseccionais para a discussão do viver nas cidades sob o viés da experiência das mulheres. Utilizando referenciais da crítica ao feminismo hegemônico e a produção de um feminismo negro brasileiro, interpreto como as pensadoras produzem uma leitura das discursividades feministas do século XX que permitam perceber as contradições presentes na produção das cidades, a partir de relações atravessadas pela estrutura de desigualdades inerentes ao capitalismo, ao sistema patriarcal e ao racismo – o qual elas traduzem por vieses da interseccionalidade. A análise empreendida a partir dessa teoria delas revela que os modos de uso, ocupação e percepção das cidades possuem distribuições diferenciadas e não equânimes. O texto sistematiza algumas dessas demandas de maior atenção na busca por um planejamento com justiça e combate a desigualdades. Proponho ser necessário ao planejamento discutir projetos que viabilizem a concretização de instrumentos que possibilitem um uso mais equânime e convivial pelas mulheres, e que as políticas urbanas se tornem mais sensíveis às vozes femininas, com suas particularidades e experiências em seus diferentes modos de apropriar e habitar a cidade.

Resumo em Inglês - Texto

Download PDF

Voltar